Clique p/ buscar CEP
Volfo - Dicas sobre o desconto do Imposto de Renda na Fonte

Dicas do cálculo do desconto do imposto de renda sobre o salário mensal, 13º salário e remuneração de férias.


Para efetuar o cálculo do Imposto de renda na fonte a ser descontado sobre a remuneração salarial mensal e adiantamento salarial, temos dois regimes a ser observado:

Regime de caixa ( este é o mais usado, pois são os casos em que as empresas pagam os salários no mês seguinte até o 5º dia útil).

Regime de competência (salário pagos dentro ou no último dia útil do próprio mês a que se refere).


Abaixo temos a tabela progressiva atual usada em todos os regime de cálculo (01 a 12/2008):


Tabela do imposto de renda na fonte/2008

Para ver as tabelas dos anos anteriores, clique aqui.

Rendimento bruto: é o total dos rendimentos que fazem parte da base de cálculo do imposto de renda.

Exemplo: A soma dos valores pagos a título de salário mensal, horas extras, comissões sobre as vendas, gratificações de todos os tipos, prêmios por tempo de serviços e demais prêmios, adicional noturno e demais adicionais, descanso ou repouso semanal remunerado, salário maternidade e paternidade, etc..

Deduções permitidas pela lei: são os valores dos títulos abaixo, que a lei permite que se deduza para a apuração da base de cálculo do Imposto de Renda:


- Contribuição para a Previdência Social da União(INSS), dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios;

- Pensão alimentícia, quando em cumprimento de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente, inclusive a prestação de alimentos provisionais;

- Previdência privada, quando houver o desconto em folha;

- Dependentes

- Parcela isenta dos rendimentos provenientes de aposentadoria e pensão, transferência para a reserva remunerada ou reforma, a partir do mês em que o contribuinte completar 65 anos de idade.


Base de cálculo: é o total do rendimento bruto descontado as deduções permitidas por lei.


1º) Primeiro exemplo: Pelo regime de caixa e de um funcionário que não faz o adiantamento salarial.


2º) Segundo exemplo: Pelo regime de caixa e de um funcionário que FAZ adiantamento salarial.


CÁLCULO DO IMPOSTO DE RENDA SOBRE SALÁRIOS
Somar Rendimento bruto
Descontar (-) Deduções Permitidas
Igual Base de cálculo do IRRF
Verificar na tabela Enquadrou na faixa de: Isento, 15 ou 27,5%
Resultado Resultado da multiplicação de 15 ou 27,5 %
Descontar (-) Valor da parcela a deduzir (ver na tabela acima).
Imposto (-) Valor do imposto a ser descontado

Vamos ao primeiro exemplo:


Um vendedor com salário mixto, composto dos valores abaixo:


- Salário fixo mensal - R$ 750,00

- Comissões sobre vendas - R$ 2.960,00

- Descanso semanal remunerado - R$ 592,00

= TOTAL - R$ 4.302,00

- Previdência Social(INSS) - R$ 334,28

- 02 Dependente(137,99 x 2) - R$ 275,98

- Previdência privada - R$ 300,00

- Penção alimentícia - R$ 415,00

Acompanhe o cálculo abaixo:


Total dos rendimentos R$ 4.302,00
Deduções permitidas (-) R$ 1.325,26
Igual a: R$ 2.976,74
Enquadrar na tabela Enquadrou na faixa de: 27,5 %
Resultado dos 27,5 % R$ 818,60
Parcela a deduzir (-) R$ 548,82
Imposto a descontar R$ 269,78

Valor do IR a ser descontado no holerite R$ 269,78